Cadastrar-se
NOSSA PRÓXIMA
TRANSMISSÃO
INICIARÁ EM:
Você está aqui: HomeMensagemArt. 16. ACERCA DO GOVERNO CIVIL

Autores

Art. 16. ACERCA DO GOVERNO CIVIL

LINK PARA DOWNLOAD - https://mega.nz/#!0N9EAb4B!D6CbgsBawezW6qDedu6gNI6d0o1cOtJrYfbsguN_p2w

MartinBuber (1878-1965) filósofo, escritor e pedagogo de origem austríaca, naturalizado israelita, disse: Toda a vida deve estar sujeita ao governo real de Deus, e o governo de Deus é quem determinou a governabilidade dos homens na terra.

Deus é Pai dos Seus filhos, regenerados em Cristo Jesus, mas é Deus Criador e Senhor de toda terra. Ele é o Criador do cosmo e o governador do mundo todo. Pois do SENHOR é o reino, é ele quem governa as nações. Salmos 22:28.

Para Campbell Morgan, o ponto fixo do universo, o fato inalterável, é o trono de Deus. Ele faz tudo o que faz, porque é, quem é: Ele é Soberano. Porque a Escritura diz a Faraó: para isto mesmo te levantei, para mostrar em ti o meu poder e para que o meu nome seja anunciado por toda a terra. Romanos 9:17. Deus é Senhor de todos.

Nos formigueiros, cupinzeiros e colmeias há vários insetos que são designados para várias funções, inclusive a governabilidade das colônias, que dependem da ordem estabelecida,geneticamente, pelo Criador. Deus tem sempre suas normas invisíveis para fazer o ordenamento das sociedades, até mesmo, a legislação da humanidade.

O profeta Daniel, envolvido na governança da Babilônia, falando da soberania de Deus, disse: é ele quem muda o tempo e as estações, remove reis e estabelece reis; ele dá sabedoria aos sábios e entendimento aos inteligentes. Daniel 2:21.

Falar da soberania de Deus não é nada mais do que falar da Sua Divindade e da Sua eterna governabilidade. Ele, em seu poder, governa eternamente; os seus olhos vigiam as nações; não se exaltem os rebeldes.Salmos 66:7. Nada encontra-se à parte do Seu controle e coisa alguma está fora do Seu domínio ou permissão.

(1) Cremos que o governo civil é instituição divina, estabelecida por Deus para promover os interesses e bem-estar da sociedade humana; como bem afirmou o apóstolo em sua carta aos crentes do império romano, um império tirano e ditatorial.

Vocês todos devem obedecer a quem estiver no governo. Ninguém pode governar a não ser que Deus lhe tenha dado esse poder. Não há autoridade nenhuma que não tenha sido nomeada por Deus. De modo que, se alguém é contra as autoridades, é também contra o que Deus ordenou; e os que agem assim, vão trazer castigo sobre si mesmos. Aqueles que fazem o bem não têm que temer as autoridades, mas quem faz o mal tem de temê-las. Você quer viver sem medo das autoridades? Então faça o bem e assim será aprovado por elas. Romanos 13:1-3 VFL.

Parece, aos olhos humanos, que esta forma de pensar não está bem afinada com toda lógica dos fatos políticos. Que Deus só age no cosmético e jamais no caótico. Que Ele não age na sujeira deste mundo corrompido, corrupto e corruptor. Será?

Cremos que a Trindade age tanto na ação direta, como na permissão. No séc XVII - Thomas Watson, um pregador inglês, afirmou diante de um governante mal visto, que Deus pode desferir um golpe reto com uma vara torta. Alguém pode até dizer que espinheiros não faziam parte do jardim do Éden e é verdade, mas uma coroa de espinhos faz parte da obra sublime da redenção. Deus usa até o que nós descartamos.

Deus é soberano e governa onde menos imaginamos. Eu fiz a terra, o homem e os animais que estão sobre a face da terra, com o meu grande poder e com o meu braço estendido, e os dou àquele a quem eu quiser. Agora, eu entregarei todas estas terras ao poder de Nabucodonosor, rei da Babilônia, meu servo; e também lhe dei os animais do campo para que o sirvam. Jeremias 27:5-6.

Nabucodonosor é servo de Deus? É difícil para uma mente limitada e legalista ver Deus agindo neste mundo caído. E pensar ainda que até leões do império babilônico, que babaram nas pernas de Daniel, estavam a serviço do Deus Altíssimo! É incrível!

(2)que é nosso dever orar pelos magistrados, os quais devem ser, de modo consciencioso, honrados e obedecidos; antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranqüila e mansa, com toda piedade e respeito. 1Timóteo 2:1-2.

A Bíblia é clara em dizer que além de orar, devemos ser obedientes aos que exercem autoridade: sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, quer seja ao rei, como soberano, quer às autoridades, como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores como para louvor dos que praticam o bem. 1Pedro 2:13-14.

O Dr. Martyn Lloyd-Jones, renomado pregador, afirmava que Deus não pára para consultar-nos, contudo, Ele adverte Seu filho Tito para dizer à Sua igreja: Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra, não difamem a ninguém; nem sejam altercadores, mas cordatos, dando provas de toda cortesia, para com todos os homens. Tito 3:1-2.

Sei que é muito complicado ser obediente a um governo desmantelado que vai desmantelando tudo ao seu redor. Não creio que a Bíblia esteja pregando a passividade diante da injustiça e da iniquidade. Nenhum crente será digno de consideração se não se indignar contra a indignidade moral, espiritual e legal. Precisamos ser obedientes às leis, mas se ferirem à lei de Deus, cabe-nos protestar da forma legítima e no fórum certo.

(3) exceto nas coisas contrárias à vontade do nosso Senhor Jesus Cristo; o único que consegue gabaritar a lei e a moral, de capa à capa. Ele é o Senhor de toda a nossa conduta e por Ele nós vivemos por Sua graça e morremos para Sua glória.

Antes de percebermos Jesus como nosso Salvador, nós carecemos vê-Lo como o nosso Senhor. Dallas Willard sustenta: apresentar o senhorio de Cristo como opção deixa-O francamente na categoria de acessório para um carro novo.

Nada pode nos constranger à desobediência das leis, senão o que ofender a ordem da Palavra do Senhor. Aqui nós temos a autoridade de contrariar os governantes. Então, Pedro e os demais apóstolos afirmaram: Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens. Atos 5:29. A vontade do Senhor é superior ao capricho da autoridade.

Precisamos de coragem para este tipo de enfrentamento, pois não se trata de rebeldia ao governante temporal, mas de submissão ao eterno Governante. Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo. Mateus 10:28.

Um dos textos que tem mais encorajado os discípulos de Cristo, nesta jornada de legítima contestação, é: Chamando-os, ordenaram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinassem em o nome de Jesus. Mas Pedro e João lhes responderam: Julgai se é justo diante de Deus ouvir-vos antes a vós outros do que a Deus; pois nós não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos. Atos 4:18-20.

Donald Grey Barnhouse disse: os homens podem não ler o evangelho em couro de foca, em marroquim ou em brochura; mas eles não podem esquivar-se do evangelho em sapatos de couro. Nós somos as Suas testemunhas, quer estejamos nos palácios, quer nas masmorras; somos pregadores tanto nos púlpitos, como nos pelourinhos.

(4) que é o único Senhor da consciência e o Príncipe dos reis da terra; ou seja, toda a nossa obediência cível é decorrente da submissão ao senhorio de Cristo e, por outro lado, toda a nossa resistência civil é, também, resultado de nossa dependência dEle. Se Cristo for o nosso Senhor, ninguém poderá nos demover de nossa subordinação a Ele. Quem és tu que julgas o servo alheio? Para o seu próprio senhor está em pé ou cai; mas estará em pé, porque o Senhor é poderoso para o suster. Romanos 14:4.

A posição política do legítimo cristão está vinculada à sua sujeição ao senhorio de Cristo. Ele não faz acordos indignos com a iniquidade, nem vende a sua liberdade por interesses pessoais, vantagens, prestígio, notoriedade ou propina, porque o seu prazer é: Servi ao SENHOR com temor e alegrai-vos nele com tremor. Salmos 2:11.

Aquele que serve a Cristo como o seu Senhor, não vende a sua alma e não se compromete com as injustiças. Ele sabe quem é Cristo e o seu prazer é viver para a Sua glória, pois Aquele que tem no Seu manto e na Sua coxa um nome inscrito: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES. Apocalipse 19:16 , é o único que merece a sua inteira confiança e total lealdade, fidelidade e dedicação. Ao Senhor toda glória. Amém.

Por Glenio Fonseca Paranaguá
Categoria Mensagem
Dom, 24 de Setembro de 2017 08:11

Adicionar comentário


Última modificação em Ter, 26 de Setembro de 2017 08:18

Horários dos cultos

Quarta-Feira (Culto de Oração) às 15:00 hrs
Quarta-Feira (Reunião de Oração) às 19:30 hrs
Quinta-Feira (Tempo de Graça) 12:15 às 12:45 hrs
Sábado (Culto de Jovens) às 19:30 hrs
Domingo às 9:30 e às 18:30 hrs

Localização

mapa
Primeira Igreja Batista em Londrina
Avenida Paraná, 76A - Centro
Londrina - PR, 86020-360
+55 (43) 3372-8900
comunicacao@palavradacruz.com.br

icone_rss icone_face icone_twitter icone_vimeo icone_orkut icone_youtube

 

 

Confins da Terra
Home - - Contato
Copyright 2011 - PIB Londrina todos os direitos reservados.