Cadastrar-se
NOSSA PRÓXIMA
TRANSMISSÃO
INICIARÁ EM:
Você está aqui: HomeMensagemDEUS TEM CUIDADO DE NÓS

Autores

DEUS TEM CUIDADO DE NÓS

LINK PARA DOWNLOAD - https://mega.nz/#!dEcW3ZyJ!gK2ZxD0TkloVsEuuyxsfX1B9wC6RGhXc9X-EIPf2TTs

Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Romanos 8:28.

O homem moderno tem enfrentado diversas lutas e dificuldades. Falta de emprego e de dinheiro, doenças, violência, desamor, entre outras. São tantos os problemas que, não raras as vezes, ficamos reféns das circunstâncias. E esta situação não é nada boa para nós, pois nos tira o sono, a alegria de viver e mergulhamos num perigoso processo depressivo.

E o que fazer? Na verdade, nosso grande inimigo chama-se autoconfiança. O diabo trabalha para nos iludir com uma mentira, a de que somos independentes de Deus. Somos tentados todos os dias a achar que somos os próprios senhores de nossas vidas (Gênesis 3:5 – E, como Deus, sereis...). Não podemos confiar em nós mesmos, pois em nós, não habita bem algum. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum, pois o querer o bem está em mim; não, porém, o efetuá-lo. Romanos 7:18.

Da autoconfiança, também deriva a autossuficiência. Achamos, por ilusão do diabo e por ignorarmos a Palavra de Deus, que também somos suficientes em nós mesmos. O que nunca foi verdade. E esta é uma das razões para tanta angústia e ansiedade. Pois nos é dito pela “sabedoria” do mundo, que “nós” temos o poder, que “nós” somos o centro do universo. Isto é presunção e pura vaidade. Tudo o que somos e temos é decorrência de nossa filiação eterna. E é por intermédio de Cristo que temos tal confiança em Deus; não que, por nós mesmos, sejamos capazes de pensar alguma coisa, como se partisse de nós; pelo contrário, a nossa suficiência vem de Deus. 2Coríntios 3:4-5.

E a última barreira a ser quebrada em nossas vidas é o nosso orgulho. É ele que nos impede de reconhecermos nossa pequenez, fragilidade e pecaminosidade. O Senhor disse a Paulo: Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo. 2Coríntios 12:9. Precisamos de humildade para deixarmos de olhar para nosso umbigo (ou seja, para baixo), e olharmos para cima, para Deus, pois não somos superiores a Ele, mas dependentes dEle.

Assim como antes de Copérnico, pensava-se que o Sol girava em torno da Terra, muitas pessoas ainda creem que as coisas gravitam em torno de si mesmas, como se o homem fosse o centro de tudo. Na verdade, o homem natural, sem Deus, pensa exatamente isso. Mas, uma vez regenerados e vivificados pelo Espírito, entendemos que Cristo está no centro e que todas as coisas convergem para Ele, inclusive nossas vidas. Foi em Cristo que descobrimos quem somos e por que vivemos. Muito antes de ouvirmos falar de Cristo e de depositarmos a esperança nele, ele já pensava em nós e tinha planos de nos dar uma vida gloriosa, que é parte do propósito geral que ele está executando em tudo e em todos. Efésios1:11-12 (A Mensagem).

Tudo o que diz respeito a autoconfiança, autossuficiência e orgulho, nos impede de ver a glória de Deus e o Seu agir em nós. E estando cegos para as coisas de Deus, ficamos reféns das circunstâncias. E o resultado é uma vida de lamentação e amargura, para com as pessoas e também para com o próprio Deus.

O apóstolo Paulo diz na carta aos Romanos: Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito. Romanos 8:28 (NVI). Algumas traduções vão dizer que “todas as coisas cooperam”. Não são as coisas em si mesmas que “cooperam”, mas, como escrito acima, Deus age em todas as coisas. É Deus operando incessantemente, incansavelmente, em nosso favor.

Esta é uma passagem bastante citada, mas nem sempre compreendida, pois muitas vezes não aceitamos o que Deus faz. Ela é conhecida como o “travesseiro” de Deus. São cinco as verdades que aprendemos com o apóstolo Paulo neste versículo:

a)- sabemos que Deus age: ou, pelo menos, deveríamos saber. Paulo, um pouco antes deste versículo, diz que “não sabemos orar como convém” (versículo 26). Existem coisas que não sabemos e outras, que sabemos. Esta é uma delas. Deus age e está agindo sempre. Nada foge ao Seu controle. Não estamos largados, abandonados ou jogados à própria sorte. Nem mesmo dependentes de nossa própria força. Paulo também diz: porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a sua boa vontade. Filipenses 2:13.

b)- sabemos que Deus age em todas as coisas: a expressão todas as coisas significa tanto as boas, quanto as ruins. O diabo sempre tenta distorcer esse entendimento, com o propósito de iludir, tentando mostrar que o que é ruim (pecado), seria bom para nós. E o que é bom (nossa dependência de Deus), não seria. Por conta da corrupção que ainda existe em nós e de nossa incredulidade, somos tentados a achar que apenas as coisas boas que nos acontecem provém de Deus. Mas, o Senhor é soberano e permite que, mesmo as coisas ruins, sobrevenham a nós, para o cumprimento do Seu propósito.

c)- sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem: Deus quer o nosso bem supremo. A questão é compreender que bem é esse. Não se trata de nosso “bem-estar”, de nossa felicidade, ou de nossa comodidade. Todas estas condições podem trazer conforto para nossas vidas, material e emocionalmente falando. Mas, não é este “bem” que Deus deseja para cada um de nós. O “bem” que Ele quer é a nossa salvação plena, a nossa justificação, santificação e glorificação. Fomos justificados em Cristo: isto significa que fomos libertos da culpa do pecado. Estamos sendo santificados em nossa alma: isto significa que estamos sendo libertos do domínio do pecado. E seremos glorificados em nosso corpo: isto significa que seremos totalmente livres da presença do pecado. É para esse “bem” que Deus age.

d)- sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam: existe aqui uma restrição apresentada por Paulo. Deus não age em todas as coisas para o bem de todos, mas somente para o bem daqueles que o amam. Você ama a Deus? Não podemos confundir amar a Deus com amar os benefícios que Deus me concede ou amar a Deus por causa das vantagens que este amor pode me trazer. Amar a Deus significa amá-Lo, não obstante meus problemas, não obstante minha falta de emprego, não obstante minha doença, não obstante minha penúria, ou seja, de maneira incondicional. Um escriba perguntou a Jesus qual era o principal de todos os mandamentos. Respondeu Jesus: O principal é: Ouve, ó Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor! Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força. Marcos 12:29-30.

e)- sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito: vemos aqui uma explicação de Paulo sobre quem são aqueles que amam a Deus. Os que amam a Deus são aqueles que foram chamados por Deus, segundo o Seu propósito. Somente podemos amar a Deus, porque Ele nos amou antes. Nós amamos porque ele nos amou primeiro. 1João 4:19.

Deus está no controle e quer o bem de seus filhos. O imediatismo atrapalha nossa caminhada, pois queremos ver as coisas acontecendo numa velocidade que não é a de Deus. Bem sei que tudo podes, e nenhum dos teus planos pode ser frustrado. Jó 42:2. Os nossos planos, quando não são os de Deus, tanto podem como devem ser frustrados. Mas os de Deus, não. Deus quer nos levar sempre para um lugar melhor, independente das circunstâncias ruins que estamos enfrentando. Esta é a nossa certeza e nosso descanso, como filhos amados e que amam a Deus.

Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida. Gênesis 50:20.

O Evangelho é a “boa notícia” para a salvação de todo aquele que crê. Por isto, a morte de Jesus Cristo na cruz, apesar de toda a crueldade, era necessária para que o propósito de Deus para redenção humana pudesse se cumprir. Jesus não morreu por um acaso. Ao ressuscitar Cristo Jesus, Deus tornou em bem algo que parecia ruim. Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, inclusive através da morte, o maior inimigo do homem.

Os que amam a Deus são os Seus filhos. E filhos são aqueles que creram, mediante a fé, na obra redentora de Cristo. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome. João 1:12. O desejo de Deus é que todos sejam salvos e Ele vai permitir que coisas ruins aconteçam em nossas vidas para que o Seu propósito seja alcançado. Por isto, podemos descansar e não temer, pois Ele está no controle de todas as coisas. Amém.

Fernando Eduardo Prison

Por Fernando Prison
Categoria Mensagem
Dom, 26 de Março de 2017 08:16

2 comentários

  • Link o comentário nuria alice mira ruelis Sáb, 25 de Março de 2017 14:17 postado por nuria alice mira ruelis

    Gracas a Deus por Sua Palavra e por Seus "meninos de recado" que o transmitem tal qual, sem enfeites nem
    omissoes! Louvado seja Aquele que inspirou mais este
    estudo biblico precioso que nos achega ao Pai e a graca
    eterna revelada em Jesus.
    Obrigada, Fernando, por nos escrever e falar da Vida e nos lembrar que Ele sempre esta no controle, quer o sintamos, ou não. Quer pareça, ou não Ele e Pai amoroso e mui presente nas angustias. Descanso, e não temor = esperança! So em Jesus Cristo, Salvador e Senhor. Amem!

    nuriaruelis@hotmail.com
  • Link o comentário Mácio Fróis Ter, 24 de Outubro de 2017 00:36 postado por Mácio Fróis

    Li este boletim quando estava internado dentro da UTI do Hospital evangélico de Londrina. Mesmo com a mente sensibilizada pelos medicamentos, pude ser confortado e encorajado pela Palavra de Deus proferida pelo meu querido irmão Fernando Prison. Foi muito importante para mim naquele momento ser ministrado por essa Verdade, que na verdade eu já conheciav mas alí na UTI pude experimentar de fato o cuidado do Senhor crendo que aquilo também contribuia para o meu bem, ou seja, para a formação do caráter de Cristo em mim.

    marcio.frois@hotmail.com

Adicionar comentário


Última modificação em Ter, 28 de Março de 2017 08:18

Horários dos cultos

Quarta-Feira (Culto de Oração) às 15:00 hrs
Quarta-Feira (Reunião de Oração) às 19:30 hrs
Quinta-Feira (Tempo de Graça) 12:15 às 12:45 hrs
Sábado (Culto de Jovens) às 19:30 hrs
Domingo às 9:30 e às 18:30 hrs

Localização

mapa
Primeira Igreja Batista em Londrina
Avenida Paraná, 76A - Centro
Londrina - PR, 86020-360
+55 (43) 3372-8900
comunicacao@palavradacruz.com.br

icone_rss icone_face icone_twitter icone_vimeo icone_orkut icone_youtube

 

 

Confins da Terra
Home - - Contato
Copyright 2011 - PIB Londrina todos os direitos reservados.