Cadastrar-se
NOSSA PRÓXIMA
TRANSMISSÃO
INICIARÁ EM:
Você está aqui: HomeMensagem“ÍDOLOS DO CORAÇÃO”

Autores

“ÍDOLOS DO CORAÇÃO”

LINK PARA DOWNLOAD - https://mega.nz/#!8NVEnYJR!XjA8shf-ctqJnW_jL4Ww1V2Tw2Fm6bApBIa8EzIYp_I

“...Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim.” João 15:4.b.

Quando não estamos ligados na videira, podemos estar ligados em qualquer coisa, ou em coisa alguma. E, dependendo de onde vem o nosso alimento (seiva), será a natureza do fruto que produziremos. Deus nos criou à sua imagem e essa era a nossa identidade. Porém, o pecado entrou no mundo e nos deformou e nos separou do Pai. Ficamos à deriva, tendo a nós mesmos como o senhor. Por isso, nosso coração se encheu e nos elegeu como nosso principal ídolo, em substituição ao Criador. Deixamos de ter Deus como referencia e passamos a ter a nós mesmos como referencia.

Certa ocasião, quando Jesus encontrava-se na sinagoga de Cafarnaum, no dia seguinte à realização do milagre da multiplicação dos pães e peixes, ensinava sobre o alimento espiritual, ou, o Pão que sacia a fome e o sangue que sacia a sede, dizendo: ...Na verdade, na verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último Dia. Porque a minha carne verdadeiramente é comida e o meu sangue verdadeiramente é bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim quem de mim se alimenta também viverá por mim. João 6:53-57.

Ao falar Jesus sobre comer da sua carne e beber do seu sangue para ter a vida eterna, qual foi a reação de muitos dos discípulos? Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isso, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir? João 6:60.

Nós temos muita dificuldade para crer. É pela fé que entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem (Hebreus11:3), não é por nosso entendimento, mas por fé. Assim que também entendemos sobre a nossa vida espiritual – salvação e vida eterna.

Vejam que os discípulos de Jesus não tiveram nenhuma dificuldade em “entender” o milagre da multiplicação do alimento da carne (pães e peixes), e seguir Jesus no dia seguinte, porque seus olhos buscaram o suprimento das necessidades do corpo físico, e porque sabiam que no dia seguinte precisariam deste alimento novamente, visto que o alimento do corpo tem data de validade, não é eterno. Jesus respondeu: A verdade é que vocês estão me procurando, não porque viram os sinais milagrosos, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos. Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem lhes dará. Deus, o Pai, nele colocou o seu selo de aprovação. João 6:26-27.

Por quê?

A metáfora de Jesus sobre carne e sangue humanos é chocante para a maioria de nós. Ao dizer que precisamos comer sua carne e beber seu sangue para ter vida eterna, Ele impactou muitas pessoas, e fez declarações importantes. A carne de Cristo nos lembra que Ele foi plenamente humano. Ele entende nossas tentações e lutas nesta vida. A menção que fez sobre o sangue, prenuncia Sua morte de Cruz, em nosso lugar – pelos nossos pecados. O chamado que fez para tomarmos parte de sua carne e de seu sangue, foi um chamado para irmos além do seu corpo/razão, foi um chamado para que fizéssemos parte da grandiosa obra da nossa atração e inclusão em Seu corpo na morte, e da nossa ressurreição, juntamente com Ele, na vida a fim de que Ele se tornasse o Cristo – centro, de nossas existências. Os discípulos estavam ouvindo com as “orelhas”. Não com os ouvidos do coração, pela fé.

Sendo profundo conhecedor da natureza humana e sua falta de fé, sua fraqueza e sua independência de Deus, Jesus continuou: O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida. João 6:63. E a Bíblia diz que muitos o deixaram. João 6:66. Aqueles que não permanecem na videira - em Cristo, não podem produzir frutos.

Então, disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna, e nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo, o Filho de Deus. João 6:68.

Eis a grande diferença. Pedro sabia que não tinha a quem recorrer. Pedro ouviu as palavras de Jesus, creu, conheceu e confessou que Ele é o Cristo, o Filho de Deus. Em Isaías 43:10, assim lemos: Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, o meu servo a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais e entendais que sou eu mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.

A fé é o combustível que nos leva à permanecer em Cristo – Nosso Salvador e Senhor e sem fé não há vida. Permanecemos mortos em delitos e pecados.

Alguns dias depois de haver feito o milagre da multiplicação, Jesus tendo subido para Judéia, durante da festa judaica, foi ao templo e começou a ensinar. No último e mais importante dia da festa, Jesus levantou-se e disse em alta voz: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva. Ele estava se referindo ao Espírito, que mais tarde receberiam os que nele cressem. Até então o Espírito ainda não tinha sido dado, pois Jesus ainda não fora glorificado. João 7:37-39.

Vejam que nas três ocasiões, Jesus chama a atenção sobre Ele: 1) nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim; 2) assim quem de mim se alimenta também viverá por mim; 3) e quem crer em mim...do seu interior fluirão rios de água viva.

Então, meus amados, a pergunta é: De onde está vindo o nosso alimento espiritual? E, se não estamos dando frutos, de nosso interior não estão fluindo os rios de água viva, em quem estamos crendo?

Um dos devocionais de Charles Spurgeon, publicado pela Editora Fiel, assim nos ensina: Quando o soldado de Cristo avança para a batalha com orgulho, pensando: “Sei que vencerei; meu braço direito e minha espada vencedora trarão a vitória”, a derrota não está muito distante. Deus não irá com esse homem, que marcha em sua própria força. Aquele que conta com a vitória desta maneira está vendo as coisas de modo errado, pois: Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos. Zacarias 4:6.

Nada é do homem. A força não é do homem. O poder não é do homem. O Espírito não é do homem. Quando Paulo confessa sua fraqueza e roga ao Senhor por três vezes para que lhe tire o espinho da carne, que, segundo ele, lhe foi colocado para que não se exaltasse, recebe a seguinte resposta: Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Portanto eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo, repouse em mim. 2 Coríntios12:9.

“Ídolos do Coração & Feira das Vaidades” é o título de um livro escrito por David Powlison, sobre a questão da prática da idolatria na vida do homem. Diz ele: “A idolatria é um grande perigo. Ela nos leva a adorar outras coisas que não são Deus.” Em sua exposição, o autor nos leva a refletir sobre duas questões importantes, que são inerentes à vida do homem. Ou seja, a convivência, de modo pleno, dos ensinos da Palavra de Deus, que molda de dentro para fora, com as ciências do comportamento, que molda de fora para dentro.

Ou seja, se você está preocupado com o seu testemunho e, se Cristo é quem está assentado no trono do seu coração, está no caminho certo. Porém, se você está preocupado com a sua reputação e comportamento, e, se é outro quem ocupa o senhorio de sua vida, está no caminho errado.

Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria. Colossenses 3:5. Por isso, meus amados irmãos, fujam da idolatria. 1 Coríntios10:14.

Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos e trocaram a glória de Deus imortal por imagens feitas segundo a semelhança do homem mortal, bem como de pássaros, quadrupedes e répteis. Por isso Deus os entregou a impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos do seu coração, para a degradação do seu corpo entre si. Trocaram a verdade de Deus pela mentira e adoraram e serviram a coisas e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém. Romanos 1:22-25.


Mario Rocha Filho.

Por Mario Rocha Filho
Categoria Mensagem
Dom, 20 de Novembro de 2016 07:25

2 comentários

  • Link o comentário nuria alice mira ruelis Qui, 17 de Novembro de 2016 18:02 postado por nuria alice mira ruelis

    Evangelho puro que nos leva a clamar: Pai, Tu es a seiva verdadeira, a única videira verdadeira. Mostra-me claramente se ha ídolos em minha vida e Tu, que es sábio
    eternamente, ensina-me mais de Jesus.
    Gracas Te dou por haver inspirado este estudo do irmão Mario Rocha e porque o Senhor fala através dele aos Filhos.
    Amem!

    nuriaruelis@hotmail.com
  • Link o comentário José Rodolfo Santos Sex, 18 de Novembro de 2016 10:15 postado por José Rodolfo Santos

    Cumpre em nós SENHOR! sonda o nosso coração, e retira tudo que há em nós que não venha de Ti.
    Tú És a nossa unica fonte de esperança

    rodolphocpd@hotmail.com

Adicionar comentário


Última modificação em Ter, 22 de Novembro de 2016 10:32

Horários dos cultos

Quarta-Feira (Culto de Oração) às 15:00 hrs
Quarta-Feira (Reunião de Oração) às 19:30 hrs
Quinta-Feira (Tempo de Graça) 12:15 às 12:45 hrs
Sábado (Culto de Jovens) às 19:30 hrs
Domingo às 9:30 e às 18:30 hrs

Localização

mapa
Primeira Igreja Batista em Londrina
Avenida Paraná, 76A - Centro
Londrina - PR, 86020-360
+55 (43) 3372-8900
comunicacao@palavradacruz.com.br

icone_rss icone_face icone_twitter icone_vimeo icone_orkut icone_youtube

 

 

Confins da Terra
Home - - Contato
Copyright 2011 - PIB Londrina todos os direitos reservados.